Arquivo para quadrinhos

não curte filme baseado em gibis? tem certeza?

Posted in cinema, quadrinhos with tags , , , , , , , , , on agosto 20, 2009 by mokinha

quando se pensa em filmes baseados em histórias em quadrinhos logo vem à mente imagens de personagens de colantes, uniformes, armaduras… Talvez você os ache um tanto patéticos… ok, um muito patéticos. Eu? Eu fico muito satisfeito em ver personagens que me acompanham desde a infância, que foi há muito tempo, tomarem as telonas.

Felizmente, graças à tecnologia digital e cinematográfica atuais os espectadores não-fanáticos em gibis conseguem ver alguns desses heróis e vilões em vestimentas embaraçosas e até superar a vontade de rir. Talvez até gostar… Mas, o que certamente já aconteceu com muitos que abominam adaptações cinematográficas de gibis foi: assistir um filme, gostar muito e nem imaginar que aquele roteiro se originou numa história em quadrinhos!

Por isso resolvi fazer uma lista dos fimes não-tão-óbvios baseados em HQs. Começo essa pequena lista com um dos melhores filmes sobre vingança, ou qualquer outro tema, já produzidos:

••

Oldboy(2003), de Chan-wook Park. Filme que foi muito elogiado por Tarantino e ganhou o Grand Prix de Cannes de 2004. Sim, essa história cruel, violenta e brilhantemente filmada saiu das páginas de um mangá japonês (isso mesmo, mangá japonês, o que deixou de ser redundância há algum tempo) de Nobuaki MinegishiGaron Tsuchiya.

Oldboy, trailer não-oficial:

A lista continua depois do jump… Continue lendo

Anúncios

no ar: Enter – Antologia Digtal

Posted in arte, literatura, quadrinhos with tags , , on agosto 11, 2009 by mokinha

Está no ar a antologia digital Enter, com organização de Heloisa Buarque de Hollanda.

enter

De acordo com o Houaiss: antologia — coleção de textos em prosa e/ou em verso, ger. de autores consagrados, organizados segundo tema, época, autoria etc.

De acordo com Heloisa Buarque de Hollanda: antologia digital — coleção de textos em prosa e/ou verso e/ou vídeo e/ou música organizados segundo seu uso ilimitado na web. Palavra escrita, palavra contemplada, a palavra de ouvido, a palavra cantada.

E nessa antologia temos de tudo, mesmo. E com autores de áreas de atuação muito diferentes, mas com um amor em comum: a literatura. Seja qual for a forma que esta tome na cabeça de cada um deles…

Heloisa juntou: os quadrinistas Rafael Grampá, André Dahmer, Fábio Moon e Gabriel Bá, Fabio Lyra, Arnaldo Branco; os poetas/músicos Lirinha, Omar Salomão, os autores João Paulo Cuenca, Simone Campos, Michel Melamed, o blogueiro Alexandre Inagaki e muitos outros…

Eu poderia postar aqui alguns dos textos, áudios ou vídeos dessa antologia, mas o design de Samara Tanaka merece ser visto.

dica, via twitter, do @rafaelgrampa

o Espinafre de Yukiko

Posted in arte, erotismo, quadrinhos with tags on agosto 11, 2009 by mokinha

sempre é díficil conseguir explicar aos amigos, parentes, namorada (ou aquela que vc gostaria que fosse sua namorada) o que alguém, nos seus já avançados muitos anos de idade, consegue ver de tão indispensável numa história em quadrinhos. E se o assunto é levado tão a sério quanto eu costumo fazer, diria que a tarefa beira as raias do impossível — qualquer paixão, gibis incluídos, foge do escopo da razão; logo, é uma estupidez para quem não sofre do mesmo mal.

Mas de tempos em tempos a ingrata missão se torna mais leve, graças a alguma edição especial mais digerível pelos menos habituados a essa mìdia. Foi assim com o ‘fofinho’ Bone de Jeff Smith, a ‘vida como ela é, ou quase’ de Strangers in Paradise de Terry Moore, a mais que dolorosa série Gen – Pés Descalços de Keiji Nakazawa, a busca de justiça e vingança do Lobo Solitário de Kazuo Koike e Goseki Kojima (e acredite, sua namorada não vai resistir aos encantos do pequeno Daigoro, um bebê que acompanha, sem hesitar, o pai nessa estrada de sangue), entre outros…

Mas ganhamos o reforço de uma obra belíssima. A mistura inusitada de um mangá produzido por um francês: O Espinafre de Yukiko de Frédéric Boilet. Não se assuste com o título porque quando ele for explicado no decorrer da história o sorriso no seu rosto será inevitável.

espinafrebig

Essa edição de luxo da Editora Conrad conta a aventura amorosa, autobiográfica, entre um autor de mangás (mangaká, no Japão) e Yukiko, a mulher que se torna sua musa. A narrativa gráfica mistura fotografia e desenhos, lápis com nanquim, ficção com realidade, metalinguagem… fazendo o leitor se sentir um confidente do autor, um voyeur.

O Espinafre de Yukiko é a vida e os relacionamentos como são, ou deveriam ser, no dia-a-dia. É uma história de amor, aquele amor que todos sonham encontrar ao virar aquela esquina naquela tarde de primavera. Mas, lembre-se de não dar demasiada importância à chamada ‘o novo mangá erótico’ da capa, o apelo da historia está no enredo e não em imagens apelativas.

Então, vá até a banca/livraria mais próxima e leve um exemplar para seu amigo, sua namorada, seu irmão ou qualquer outro que nunca te leva a sério porque você lê gibis. E se não mudarem de opinião o prejuízo é só deles. Esse livro foi lançado há algum tempo, mas não deixou de ser relevante por isso…

Marvel em modo anime

Posted in animação, quadrinhos, Séries, Televisão with tags , , , , , on agosto 1, 2009 by mokinha

Na transposição dos quadrinhos para outras mídias ninguém tem sido tão bem sucedido quanto os estúdios Marvel. Nos cinemas tivemos Homem-Aranha, X-Men, Hulk, Homem-de-Ferro, Wolverine… Em maior ou menor escala todas essas produções foram grande sucesso.

E a gente também sabe que o mercado japonês é excelente para o bolso das empresas de entretenimento. Tudo que é japan-style é consumido com fervor não só no Japão, mas ao redor do globo (e aqui na minha cozinha ;^) !  ). A Marvel já tirou uma casquinha desse mercado com versões mangá para alguns de seus personagens.

Agora chegou a vez das versões em anime de dois de seus maiores ativos: Homem-de-Ferro e Wolverine!

Dá uma olhada nos primeiros traileres liberados pela Marvel no Youtube!

Homem-de-Ferro anime-style:

Veja o trailer do Wolverine-san depois do jump… Continue lendo

Furry Water e Mesmo Delivery anunciadas pela DARK HORSE COMICS

Posted in arte, ilustração, quadrinhos with tags , on julho 25, 2009 by mokinha

Rafael Grampá, incensado autor (diga-se, MERECIDAMENTE) brasileiro de HQs está na San Diego Comic-Con e anuncia as novidades…

furry_water-small

Do Release da DARK HORSE COMICS traduzido pelo próprio Grampá:

” Furry Water e Mesmo Delivery – o ganhador do Eisner Rafael Grampá – é contrangedor escrever na terceira pessoa, mas é a tradução – vem para a Dark Horse com dois livros: Mesmo Delivery, reimpressão da sua psicodélica HQ independente de estréia; e Furry Water, co-roteirizada com Daniel Pellizzari, uma série de acão pós-apocalíptica em seis edições.”

Confira a arte e a genialidade do cara no flickr e/ou no blog do mesmo.

via melhoresdomundo.net